11695 operacionais percorreram 209302 km para prevenir fogos florestais, garante a Protecção Civil


O Serviço Regional de Protecção Civil, apresentou um balanço do Plano Operacional de Combate a Incêndios Rurais (POCIR), que implementa todos os anos durante o período estival e cuja principal finalidade consiste na garantia de coordenação e intervenção dos vários agentes de protecção civil, dos quais se destacam, numa vertente “safety” os Corpos de Bombeiros, o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, a Guarda Nacional Republicana – UEPS e das Forças Armadas – Exército, e numa vertente “security”, a Polícia de Segurança Pública, contando também com os demais organismos e instituições que concorrem para a defesa do ambiente e da floresta contra incêndios.

O Plano vigorou de 15 de Junho a 30 de Novembro de 2022. Através da vigilância, patrulhamento e primeira intervenção, cerca de 11695 operacionais percorreram 209302 km, na prevenção aos incêndios rurais.

Foram cerca de 3448 Equipas de Combate a Incêndios Rurais, que percorreram os diversos concelhos da RAM, auxiliadas por um Veículo Ligeiro de Combate a Incêndios (VLCI) com os respectivos equipamentos de extinção, material de avaliação e registo das ocorrências, nomeadamente tablet, estação meteorológica, GPS, binóculos, bem como rádio para transmissão de dados para o Oficial de Ligação, que se encontra no Comando Regional de Operações de Socorro, responsável também pela activação do meio aéreo mediante a ocorrência reportada,  de forma a garantir uma eficaz e eficiente resposta às situações de incêndios rurais.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Shopping cart