Tripulante do “AidaNova” resgatado de helicóptero nas proximidades da Madeira


Um tripulante do navio de cruzeiro “AidaNova” foi resgatado esta madrugada por motivos de saúde, numa operação coordenada pela Marinha Portuguesa, através do Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal (MRSC Funchal), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa.

Tratou-se de um homem de nacionalidade filipina, e com 45 anos de idade, que tinha uma hemorragia interna.

Pelas 04h22, foi recebido no MRSC Funchal um pedido de ajuda do “AidaNova” que se encontrava a navegar a cerca de 40 milhas, o equivalente a cerca de 74 quilómetros, a sul da Ilha da Madeira.

Após um, contacto com o Centro de Orientação de Doentes Urgentes Mar (CODU-Mar), foi considerado necessário a recuperação médica do doente.

​Assim, através da colaboração do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento (RCC) de Lisboa e do Destacamento Aéreo de Porto Santo, ambos da Força Aérea Portuguesa, foi enviado um helicóptero (EH-101 Merlin) para realizar o resgate do tripulante para o Aeroporto do Funchal, onde era aguardado por uma ambulância, dos Bombeiros Municipais de Machico.

A mesma procedeu ao transporte do homem para uma unidade hospitalar não especificada.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Shopping cart